FIM DE ANO APADRINHAR Por Dra. Annie Kier Herynkopf

A ansiedade daqueles olhinhos, direcionados para a porta de entrada, quase sem piscar, não é à toa…afinal, foram muitos os que chegaram e partiram, muitas foram as expectativas frustradas, tantas vezes ninguém chegou pela porta. Mas não deu erro! Naquele dia eles chegaram, com os braços abertos para acarinhar o afilhado.
O rostinho bronzeado da menina e o largo sorriso no rosto eram a prova do que havia acontecido no fim de semana anterior: tinha ido à praia, conhecido o mar e nele se banhado pela primeira vez na vida.
Fotos em um mural estampavam momentos divertidos, no estádio de futebol, tomando um milkshake, na festa de quinze anos. Muitos abraços e sorrisos.
Mãos de madrinha e afilhado que não se desgrudavam um segundo.
Essas cenas dispensam qualquer legenda. Carinho, afeto, confiança. É amor correndo entre olhares, gestos, toques.
E foi exatamente o que presenciamos na confraternização de fim de ano de todos que participaram do Apadrinhar Canoas. Foi o resultado de muita dedicação e a certeza de que cada detalhe pensado valeu a pena.
Sigamos espalhando amor e esperança em 2018. Nosso desejo é o de que encontremos padrinhos exatamente como estes que tive o prazer em conhecer: interessados em se doar, experimentar o novo e se surpreender com o que se pode aprender e trocar com os nossos meninos e meninas!

Dra. Annie Kier Herynkopf é Juíza de Direito do
Juizado da Infância e da Juventude/ Canoas RS

Você deve estar logado para postar um comentário

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error

Gostou?Então compartilhe :)

%d blogueiros gostam disto: