Elo

Organização de Apoio à Adoção

Prefeitura de Gravataí integra Projeto Apadrinhar

Prefeitura de Gravataí integra Projeto Apadrinhar

Prefeitura de Gravataí integra Projeto Apadrinhar

O prefeito Marco Alba assinou nesta sexta-feira, 20, o termo de cooperação técnica do Poder Executivo com o Poder Judiciário e Ong Elo para a instituição do Projeto Apadrinhar no município. O objetivo, segundo o prefeito, é de criar laços de afeto entre a sociedade e as crianças e adolescentes que vivem em acolhimento institucional nas cinco unidades existentes em Gravataí.”
O termo estimula de forma colaborativa a manutenção de vínculos com pessoas da comunidade que se habilitem na forma de padrinhos ou madrinhas, ampliando as oportunidades de convivência familiar e comunitária a este público infanto-juvenil”, explicou o prefeito. “Esta é mais uma ação do governo de valorização e cuidado com as pessoas, uma vez que as crianças e adolescentes acolhidos terão a oportunidade de conviver com um padrinho afetivo auxiliando no seu desenvolvimento pessoal”, completou.

A juíza de direito da Vara da Infância  Juventude de Gravataí Luciana Barcellos Tegiacchi destacou que o termo também atende aos protocolos de cooperação interinstitucionais para introdução e desenvolvimento de práticas de Justiça Restaurativa. “Propiciar o encontro e a convivência com esses padrinhos, que apesar de não quererem adotar, possuem o desejo de manter um convívio, é extremamente importante, pois também é uma forma de trocar experiências, afeto e criar vínculos”, observou a juíza. “Neste processo todos serão ouvidos: tanto os adolescentes quanto os padrinhos, que passarão por uma formação a fim de receberem suporte e orientações com psicólogos e assistentes sociais sobre o que constitui o apadrinhamento afetivo, visando garantir o bem estar de todos os envolvidos”, frisou.

As capacitações do Projeto Apadrinhar serão realizadas por intermédio da ONG Elo, em parceria com o Serviço de Acolhimento Institucional da Prefeitura, mantido pela Secretaria Municipal da Família, Cidadania e Assistência Social (SMFCAS). “O Projeto busca atender prioritariamente adolescentes entre 12 e 17 anos e pessoas que não desejam adotar, mas sim criar laços afetivos através de visitas, passeios, conversas e outras formas de afeto que também são importantes no processo de formação individual de cada um”, concluiu o presidente da Elo Peterson Rodrigues.

Os interessados em se candidatarem a padrinhos afetivos podem obter mais informações sobre o projeto através do telefone da SMFCAS 3600-7131 e pelo e-mail [email protected]

__________________________________________________________________

Texto: Cristine Luiza Schmidt / Edição: Luiz Fernando Aquino / Fotos: Hiuri Souza

Fonte: Portal do Cidadão – MUNICÍPIO DE GRAVATAI

eloadocao

ACONTECEU

No description. Please update your profile.

You must be logged in to post a comment

Gostou?Então compartilhe :)

%d blogueiros gostam disto: