O Apadrinhamento Afetivo é um programa para crianças e adolescentes acolhidos institucionalmente, visando o desenvolvimento de estratégias e ações para criar e estimular a manutenção de vínculos afetivos entre eles e os voluntários, ampliando, assim, as oportunidades de convivência familiar e comunitária dos mesmos. Este projeto segue o modelo sugerido pelo Tribunal de justiça do Rio Grande do Sul e (TJ/RS) e aplica metodologia sugerida pela Elo- Organização de Apoio a Adoção, em parceria com instituições de acolhimento, a Vara da Infância e Juventude e a participação da sociedade civil. Colabora, também, uma equipe técnica formada por psicólogos e assistentes sociais voluntários que atuam na formação e acompanhamento dos padrinhos / madrinhas neste processo. O objetivo é promover a Garantia dos Direitos de crianças e adolescentes, em situação de acolhimento no município de Viamão, à convivência familiar e comunitária, conforme o que prevê o art. 4º do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

PUBLICO ALVO:

Crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional que apresentem poucas expectativas de adoção ou reintegração com a família de origem.

Pré-requisitos para os papéis de padrinhos e madrinhas:

 Pessoas com a idade mínima de 21 anos e que não sejam sujeitos de nenhuma demanda judicial.

 Residentes em comunidades próximas aos serviços de acolhimento.

Apresentação de documentação solicitada : cópias do RG, CPF, certidão de antecedentes criminais e comprovante de residência, entre outros que a e coordenação achar necessários.

 Participação nos encontros de formação e sensibilização.

 Participação nos encontros de acompanhamento.

Não é permitido participação de postulantes a adoção.

Para increver-se, basta enviar e-mail para [email protected],br que a equipe técnica judiciária entrará em contato com você.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com